24 de set de 2017

Show do The Who - EU FUCKING FUI!


Agora que já to mais tranquila [na verdade, estou desde ontem, acho que a ficha ainda não caiu], eu vou contar como foi realizar esse sonho de vida pra tirar a poeira desse blog ehe

Começando do começo, mais uma amizade que se foi e eu não tive nada a ver com isso. A menina que ia me vender o ingresso dela [minha "amiga"] começou a se mostrar uma criatura nada confiável e eu poderia falar horrores dela aqui mas como eu quero me ater aos fatos bons, vou apenas dizer que ela foi uma filha da puta. Me deu esperanças com o ingresso e, se eu não tivesse ido atrás de uma alternativa, não estaria aqui contando isso com tanta emoção. Eu sabia que ela ia me sacanear pelas últimas fotos e publicações dela, aí falei com a Talitha "Não vou esperar ela, to sentindo que ela vai me sacanear e meu sexto sentido nunca falha". Aí entrei num grupo do Facebook e consegui a meia por R$280 [um preço até razoável, eu ia pagar 240 com ela] e aí começou o como vamos fazer. Até que ele comentou que a amiga dele viria ao RIR e que eu poderia pegar com ela e dar o dinheiro pra ela.


E ontem mesmo, no dia do show, acordei às seis da manhã e lá fui eu pro Galeão, no cu do mundo, mas eu fui. Encontrei com ela, super doce, peguei e paguei o ingresso. Meu pai super me zuou, dizendo que ia ver o "dê ú" (acabou que ele até que gostou do The Who, gente! hahaha). Sai agarrada naquela caixa como se carregasse um órgão vital e qualquer pessoa que chegasse perto de mim eu já saía de perto [nervoso né haha].

 minha blusa de gatinho ehehe

Fui pra casa, arrumei minha mochila e fui pra minha tia, onde fui encontrar meus primos João e Isra pra irmos juntos. Até pensei em ir de mochila lá pra parada mas o João disse que ia levar a dele então tava feito. Almocei pouco [meu estômago de passarinho não permite comer muito], tomei dois copos de refrigerante [raridade], aí fui trocar de roupa quando o Isra chegou com o Rodrigo [filhote dele]. A gente ia direto pro apartamento da Barra, então pensei em já me arrumar pro show, quando percebi que tinha levado a sombra preta e não a marrom ¬¬ mas enfim, né.

 recepção do meu amoreco Thor ^^

 João e Isra

Chegamos no apartamento, deixamos as mochilas e pedimos um uber pra poder ir pro BRT, João Vitor com as meias até metade da canela, ridículo demais! E eu com o meu short que andava um pouquinho e subia e ele nem era curto o bicho. Eu tava dentro do ônibus e não estava acreditando no que ia acontecer então, como sempre fico quando tô incrédula, fico em silêncio. Mas tá, chegamos lá, e eu esquecendo que tenho dois joelhos ruins E estava/estou com o pé direito torcido desde terça (tá doendo pra caramba) então a dor que eu tava sentindo super abstrai. Mas chegamos <3 a="" algumas="" br="" cabe="" com="" demais="" do="" dos="" e="" era="" foi="" geral="" lbuns="" m="" mas="" minha="" muito="" na="" no="" os="" passava="" pausas="" pras="" s="" sicas="" the="" tit="" todos="" who.="" who="">


Assim que a gente entrou, tinha uma menina de cosplay de Naruto. Eu, que não suporto Naruto por motivos de ex namorado, me rendi e tirei uma foto com ela, mas só porque o Isra tava todo envergonhado pra pedir e eu, cara de pau, fui lá e pedi. Super fofa a cosplayer! Logo depois eu topei com o Doutor Estranho, que me perguntou a caravana de onde eu vinha e eu "Caravana da Tijuca" hahahaha aí ele "também sou da Tijuca, talvez a gente até tenha se topado por lá mas eu tava descaracterizado". Tirei foto com outros cosplayers também, alguns não sei nem do que eram, MAS... tirei uma foto com os cosplayers de Mortal Kombat que, como todo mundo sabe, eu sou fissurada desde bebê.

  Tirei uma foto com o Minhyuk, oleaaaa hahaha

Também brincamos de Angry Birds e Super Mario, foi super supimpa!
Dali fomos pra Arena Games XP, onde assistimos uma apresentação INCRÍVEL de uma banda tocando temas de video games e era apresentado pelo Luciano Amaral! Aah, nem fiquei feliz hahahaha o cara fez parte da minha infância!

  video

Compramos bebida e sentamos no chão pra comer. Descansamos tipo uns 20 minutos e andamos horrores por lá mas ah, xô correr logo pra parte do show hehehe






Tudo começou com os fogos do palco Mundo pro show dos Titãs. Consegui ficar num local próximo a uma grade [não lá na frente, próximo o bastante pra ver bem] e tinha um casal do meu lado que caraca. Eu não podia me mexer porque estava empurrando. Depois o rapaz falou de empurrar com outra menina, oxi, gente, é um show, é óbvio que o povo vai se mexer e parecer que está empurrando!
Enfim, Titãs. TITÃS FOI INCRÍVEL! Eles tocaram várias músicas incríveis e que eu gosto e o que mais gosto deles é que eles seguem uma linha de raciocínio musical sem igual. Eu achei que não fosse possível isso e mais uma vez o dia foi salvo graças aos Titãs. Terminaram com uma das minhas músicas prediletas, pra varias. Titãs sendo Titãs!


 
pós Titãs 

Eu precisava sair da multidão, porque ainda era tipo sete e blau, oito e blau e The Who era só às 22:30, pra sair foi um terror. Mas consegui. Aí me joguei na grama suja e artificial, tirei os tênis mesmo e foi issaê mesmo. Teve show no sunset, acho, depois teve Incubus, que é muito bonzinho e curti. La no final do Incubus, avisei que estava indo e fui. Andei e rodei até achar um lugar. Era muita gente deitada [literalmente deitada] de qualquer jeito e não dava pra passar direito e era próximo do palco, um saco.

                                         
 
Tinha um cara atrás de mim com uma camiseta escrita "Save Ferris" e com a foto do Cameron, aí tive que elogiar, porque é o melhor filme. Conversamos tipo três frases, ele seguiu prum canto e eu fiquei no meu, me posicionando pra ver como eu ia morrer sem morrer.


Primeiro spot pro show, mini grade

Quando apareceu aquele "Mantenha a calma, aí vem o The Who", foi que eu soltei meu primeiro palavraõ de vez! MISERICÓRDIAAAAAAAAAAAAAA, EU IA VER O THE WHOOOOO!!! Nossa, eu não tava acreditando!









Cantei e gritei a minha vida mesmo, fingi que não tava emocionada e abstrai que estava querendo chorar, mas quando chegou em Love Reign O'Me... só faltou eu me agachar e chorar. Como não dava pra abaixar, eu só fechei o olho e deixei o Roger ir cantando e as lágrimas caindo feito cachoeira. Minha nossa, eu chorei tanto, mas tanto, que me perguntaram se eu tava passando mal! Começou o cara a tocar o teclado e eu soltei um 'fudeu' tão alto que as pessoas me olharam hahahaha aí já era...

Eu sabia cantar tudo, nossa, eu sabia cantar tudo e todas, até Bargain, que eu sempre me enrolei pra cantar saiu super fácil. Muita gente que me via indo pro povo ficava me olhando tipo 'olha ela, super se achando fã do The Who e deve ser mais uma poser que só conhece Behind Blue Eyes e My Generation" deve ter ficado de cara ao me ver aos berros cantando See Me Feel Me. Foi lindo.
E as dancinhas do Pete? "Vocês devem estar se perguntando 'E esse cara dançando? Parece meu pai dançando!'". E o Pete dizendo que quando eles lançaram My Generation quase ninguém do Rock in Rio era nascido HAHAHAHA Roger super incrível, gente, aquele homem não envelhece, é eternamente meu crush de 70 e tantos anos!
Menções honrosas pro Zak, cara. Cada vez que a câmera fechava nele eu sentia arrepios. Era como se ele tivesse incorporado o Keith, SÉRIO! O tipo de feeling que achei que fosse sentir se um dia eu visse o Keith tocando na minha frente! Eu tava vendo a hora de ele explodir o bumbo, só de lembrar eu fico arrepiada ainda. Frank Simes, Loren Gold, John Corey e Simon Townshend... palmas eternas pra vocês, caracaaaaa! Jon Button.... ah! Eu senti um pouco do feeling do John nele sim, o cara é muito bom, MAS nada nem ninguem vai me tirar a ideia de que o Keith estava naquela bateria ontem, gente. O KEITH ESTAVA ALI, EU SEI QUE ESTAVA, EU SENTI QUE ESTAVA! Keith, John... obrigada pela presença, vocês vão sempre estar em espírito conosco.

video


video

video

Foi um puta show  e com certeza calou a boca de um bando de fã escroto do Guns que estava xingando The Who naquele gramado. Eu tava vendo a hora de levantar e ir tirar satisfação mas meu bom senso me impediu. Estava em minoria e fazer o quê se tem gente que não sabe apreciar boa música? SETENTA FUCKING ANOS, bebê. Tenha setenta e tantos anos e o vigor que esses homens têm, aí a gente conversa.

Eu ainda estou sem acreditar no que aconteceu. Eu dormi pouco e vim direto pra casa mas eu ainda tô tão chocada que quando a ficha cair eu vou chorar tanto, mas tanto que vou desidratar.

Não, eu não troco THE WHO por nenhuma outra banda de rock nesse mundo.