19 de set de 2010

For a reason..

Me pergunto se as coisas acontecem por acaso.
Se os sentimentos são por acaso.
Se a vida é por acaso.

Por que as pessoas não se aprofundam em seus próprios sentimentos para encontrarem seu verdadeiro "eu"? Ter apenas a solução é mais fácil do que achar o motivo.

O tempo muda, as pessoas mudam. Seu coração muda? Sua personalidade muda com as influências externas ou com as influências internas? Quem é você? O que deseja para sua vida? Qual sua meta nessa vida? Como se vê daqui a cinco anos?

Você sabe expor seus sentimentos? Você sabe aplicá-las? Não precisa dizer "eu gosto de você", não precisa abraçar. O coração sabe quando alguém gosta de você pelo que é e não pelo que aparenta ser.

Por que colocar essa máscara da teimosia e por que sempre concordar em se afastar de si mesmo? Você se sente feliz? Conte-me. Também quero aprender a ser feliz fingindo ser quem não sou.

Por que dizer que está bem quando não está? O que te impede de gritar? De sentir? De exteriorizar?

O que te impede de dizer ao mundo quem é você? Quais são seus medos? Quais são seus defeitos?

Ninguém é perfeito. Eu não sou, você não é. Por que fingir que é? Por que fingir que ama? Por que falar da boca para fora?

Por que dizer o que não quer? O mundo lá fora é cruel, mas nenhum julgamento é pior do que o próprio. Seu coração te julga por todas as coisas feitas e não feitas, ditas ou não ditas.

Conte-me, seu coração está saudável?
Conte-me, você sorri de forma verdadeira?
Conte-me, o que se passa de verdade no seu coração?

Quando cairá na real de que a vida não é um script e que ninguém o amará para sempre? Que as pessoas são renováveis, mas não os sentimentos?

Quando você finalmente deixará meu coração dormir em paz, sabendo que você realmente está feliz? Quando você me deixará dormir?

Quando você deixará de fazer de tolo àqueles que banalizam o sentimento mais puro da humanidade? Quando você deixará de acreditar que todos caem nessa piada?

A mim você não engana.

Há coisas nessa vida que nenhum cientista maluco explica.
Há coisas nessa vida que talvez nem o inexplicável explique.
Há coisas nessa vida que vão muito além de nossa imaginação.

Além...

Prometa-me que vai sorrir com o coração, e não com a boca.

Aimée Lee

0 comentários: