15 de dez de 2008

Portuguese again

Bateu uma preguiça tremenda de escrever em inglês.. isso se chama 'síndrome de holandês tentando falar em inglês e complicando minha vida". Segue-se o meu lindo e "Rainístico" dia.

Acordei com uma puta dor de cabeça, com o meu pai procurando meu celular. É porque a bateria não carrega no celular dele e a gente fica trocando. É, meu pai é malandrinho com isso, mas nem reclamo.. Enfim, daí meu sono voou. E, como estão pintando aqui em casa, pensei que o cara iria vir cedo pra continuar e tal, daí já fiquei pronta, isso umas 9am. Enrolei um pouco, comentei a fic da Micha foférrima.. fiquei "surtada" e começei a ter "Síndrome de EunHyuk-YunHo". Essa "doença" se resume em ataques de dança do nada, você está bem e, no minuto seguinte, você está dançando. Pois é, tocou umas sete músicas e a besta aqui ficou dançando no meio do quato entulhado de coisas, porque, é claro, jogaram tudo pra cá, inclusive o pc, yay. Enfim, até "T.O.P" eu dancei, achei que não sabia.. Entre as músicas estava a clássica "Rokkugo" [óbvio!], "U", "Wild Eyes" [clássica demais!], "U" em mandarim.. e outras. Obviamente, tive que tomar banho de novo, mas não reclamo porque me acordou ainda mais. Enfim, nada do cara aparecer, eu comi qualquer coisa e me mandei pro estágio.

Estava eu, no integração, pensando em arrancar minha cabeça [a dor de cabeça só fez aumentar diante da "sessão de dança"], quando chega perto do ponto do Trem do Corcovado, e me levantam aqueles dois caras engraçadérrimos de ontem [leia-se: Madonna no RJ], dizendo "é aquela moça simpática que nos atendeu ontem! será que o sol abre hoje?". Olho para o céu, onde está aquela nuvem mega cinza e, bem sincera, falo que é capaz de chuva forte. Turista é bicho estranho mesmo, mesmo avisando.. fazer o que. O fato é que eu cheguei no Trem mais ou menos meio dia.. e vinte e cinco! Ainda tinha um tempão pra ficar de bode, tomar um remédio pra dor de cabeça diminuir.. Mas não, a anta aqui insiste em encontrar aquele bando de tarados hahaha! É, estagiar é uma comédia, principalmente lá [duh].

Piadinhas sobre a espada do Rodrigo a parte, minha cabeça, coitada.. eu passei boa tarde da tarde quase chorando de dor de cabeça, mas não o fiz. Seria meio idiotice e burrice.

A parte boa: Eu estava lá embaixo, na bilheteria, um pouco, quando surge o casal + filho [acho que era parente, filho, sei lá] de olhos puxados. Eu sei diferenciar e tal, mas poxa, que culpa tenho se o cara parece japonês e não é? Como eu disse "boa tarde" bem baixo, o moço só apontou pro crachá dele e eu vi aquela linda bandeira azul, branca e vermelha, da Coréia do Sul! Meu sorriso ficou tão grande, eu nem acredito! Enquanto o tal moço [que falava português] conversava com um dos meninos da bilheteria, soltei meu coreano tchonga. Eu nunca vi turista tão feliz, te juro! Os olhos da senhora brilhavam tanto, mas tanto.. e o olho dela era que nem o do Minwoo, dois riscos! O senhor apertou minha mão, todo feliz, e ela me perguntou se eu falava hangul [é, eu entendo bem, mas eu fico com medo de falar e falar algo errado - é que nem primeiros socorros] e eu disse que mais ou menos, estava aprendendo ainda. Na verdade na verdade, eu ontem de manhã fiz um mini manual de "coreano e japonês rápido", e logo tasquei o "o meu hangul não é bom, desculpa", mas a senhora não parava de apertar a minha mão e sorrir, igual ao senhor! Gente, foi incrível, estou realizada! Hahahaha! Mas é sério, meu "annyeong haseyo" fez sucesso com aqueles dois. Daí falei pro rapaz que estava junto que não dava pra ver nada, porque choveu o dia todo e estava tudo branco lá em cima, ele transmitiu a mensagem [eu preciso estudar pronúncia, fato!], e eu, feliz, alegre e com uma puta dor de cabeça, sorrindo porque a senhora não largava minha mão e porque eu entendia tudinho o que eles falavam! Que avanço magnífico!! Sugeri que voltassem amanhã, vai que o tempo melhora, né.. Ele transmitiu a mensagem e os dois fizeram uma carinha tão triste.. que pena que não temos controle sobre condições climáticas [sim, tem um aviso bem grande na bilheteria falando isso u.u], senão abria o sol só pra eles. Eles me agradeceram e foram embora. O Ximenes não sabia se ria ou se ficava quieto, daí começamos a conversar sobre línguas estrangeiras. Apareceu um casal alemão, que tinha um péssimo inglês..

Mas inglês complicado de se entender é o do indiano. Ok, as indianas são lindas [de verdade, são lindas], mas o inglês deles é... como posso dizer.. Até o HeeChul fala melhor que eles.

Enfim. Nisso me aparece o casal holandês, que eu citei no primeiro parágrafo. A moça simplismente esqueceu a máquina sabe-se-lá-onde.. e encheu a porcaria do saco! Até olhar dentro do trenzinho! Que teimosia, cara, meu inglê já não estava legal por causa da dor de cabeça.. O cara deixou nome, telefone e endereço pra caso a gente encontrasse a bendita. Tá, ele pode ter perdido, mas poxa,.. convenhamos, né! ¬¬'

Movimento fraquinho hoje.. mas fomos embora mais cedo =DD Aproveitei e passei lá na minha tia, a minha tia-avó do sul tá no RJ e volta quarta e, nesse ritmo de correria, nem falei com ela ontem, que foi aniver dela e de minha mamis. Ela me empurrou aquele docinho /mara que só ela sabe fazer *-* E eu me senti tãaaaaao feliz xD Depois vim pra casa, cheguei junto com o meu pai, e, depois de um mini descanso decente, aqui estou. Com os "mosquitos" me enchendo o saco. A Melli, coitada, é islandesa e tá morando no Peru. Disse que não aguenta mais os "mosquitous" [ela escreveu assim xD].

Falando nela, ontem batemos papo. Ela é muito fofa, assim como a Micha, a Hazel e a YooRi. Fico realmente com o coração apertado por não estar dando a atenção que elas merecem. Mas quarta, meu dia de folga [graças!], eu ponho as fics em dia e falo direitinho com elas..

E meu pc, mega idiota.. eu estava ajudando a Hazel a escrever um yaoi [estava escrevendo a cena perva hahahaha], quando de repente.. parou de iniciar, tive que formatar.. TUDO! Nossa, quase morro do coração! Tinha escrito um mega pedaço! E estava ficando tão legal... ToT Hazel-ssi, I'll continue, I promise!

Hoje de manhã achei meu roteiro pra "Just You", do K.R.Y. Ah, Deborah, como tu é boba! Sabes que nunca irá gravar esses clipes.. nunca conseguirá que as coreografias que você cria para determinadas músicas sejam executadas pelos grupos.. e continua criando! Troféu Besta especialmente para mim! U______U

Son of Dork - End Up Like This *recapitulando o clipe na cabeça*

0 comentários: