12 de abr de 2009

sei lá...

Sabe aqueles dias que tu acha que não deveria nem ter saído da cama? Eu tô assim hoje...


Tentei pensar que era Domingo, era Páscoa, dia de comer chocolate e não receber bronca por isso. Mas sabe quando você vai fazendo as coisas e sua mente está em outro lugar? Fui agindo como se fosse outra pessoa o dia inteiro, tentando ser o 'eu' de sempre. Passei na bilheteria, dei bombons pro Ximenes e pro Patrício, subi, dei bombom pra Carlinha, pro Victor, Taísa, Larissa, Rodrigo.. e fui conversando com a Larissa no banheiro. Eu estava e não estava ali, sério, foi meio estranho... Sei que acordei do meu 'devaneio' da primeira vez quando vi os pinguins de "Madagascar" na televisão do refeitório, mas logo entrei no Alfa de novo.. acordei quando vi a clone da Ayumi Hamasaki com a Helena, uma guia japonesa. Acordei de novo quando começou o jogo do Flamengo X Fluminense, porque era futebol, mesmo não sendo o jogo do Inter ali na televisão. E na hora de ir embora, mas mesmo assim nem isso.

E ainda há pouco eu consegui o feito de deixar a Melissa chateada comigo. Eu não consigo... eu não quero nunca, nunca pensei em deixar a Mellissa chateada comigo, ela é uma das pessoas para a qual eu mais tento manter um sorriso, por mais cansada e mais destruída que eu esteja... e eu consegui deixá-la chateada. Isso me dói demais no coração, porque, se eu fico até tardão na internet, é pra ver se pelo menos eu poderia falar um oi pra ela, porque, mesmo estando longe, ela mora no meu coração, como se morasse perto. Não é minha melhor amiga, mas é minha amiguinha, eu a considero como tal, e nunca me passaria pela cabeça deixá-la triste comigo. Assim como é com algumas outras pessoas. Não faço com os outros o que eu não gostaria que fizessem comigo..


Sei lá, é meio estranho. Ontem de noite, eu estava lá no estágio, tipo umas seis da tarde, já tinha anoitecido. Ficou todo mundo lá na bilheteria e eu fiquei sozinha no Espaço Cutural. Como não tinha ninguém, me sentei e pus as pernas nao banco que tem lá, e tava meio escuro. E fiquei super pensando em mil coisas, acordei com o Rubens [maquinista] me perguntando por que eu estava ali, sozinha, no escuro. E eu não sabia muito bem o que responder, eu sabia e não sabia o que eu tinha. Larissa fez a mesma pergunta, e eu dei uma resposta meio vaga de 'sensação ruim', aliás, era mesmo, mas eu nunca sei com quem é, sei que eu sinto e acaba acontecendo [e isso me assusta]. Fui pra casa pensativa, dormi pensativa, tive uma baita insônia, acordei assim hoje e foi assim até agora. Na verdade, me sinto uma idiota, mas acho que ninguém entende esse 'nível de idiotice' que eu estou sentindo.

É como se você fosse duas pessoas dentro de uma só. Por fora, tu tá brincando, rindo, fazendo palhaçada, mas, ao mesmo tempo, você está além das cadeias de montanhas mais altas do mundo. E, quando você fica muito quieta, tentando 'se encontrar', as pessoas perguntam se você está bem, se snte algo, se aconteceu alguma coisa. Mas de uma forma mais preocupada, porque tentam falar contigo umas dez vezes e você não responde.


Eu tenho um medo danado de envelhecer no mundo do Bob, tipo, no meu mundinho, perdida nos meus pensamentos. Algumas vezes tento colocá-las num papel, mas acabo rindo e rasgando, posteriormente jogando fora. É estranho demais isso.


Às vezes acho que estou pirando. Nessas vezes, consigo olhar pra mim como se fosse pelos olhos de outra pessoa, avaliando bem meus defeitos e qualidades, mas depois acabo rindo e me chamando de boba por isso..



Ainda bem que existe blog ^^ Pelo menos dá pra escrever, algumas pessoas que lerão te acharão maluca, mas o legal mesmo é você ter um lugar pra poder falar o que sente..

Anyway, feliz dia de Sungmin pra vocês, mesmo o pelúcia da foto se chamar Yesung ^^

0 comentários: