22 de ago de 2010

Randomic

Nem era para estar escrevendo, minha cabeça dói tanto que poderia arrancá-la. Simplismente tive um "pesadelo" (se é que aquilo era um pesadelo, né) e estou tão assustada que não consigo parar de pensar em outra coisa.

Acho engraçado certas pessoas que te excluem do msn, orkut, facebook, blog, etc, mas estão sempre fuxicando no que você escreve para, depois, fazer um post, um comentário, uma linha, sobre o que você escreveu. Cara, se você não quer mais ser minha amiga MESMO, me excluiu de tudo, por que vem aqui? Se não quer mais saber de mim também, por que vem aqui? Eu hein, que idéia! Se eu sou egoísta, bom, você quem acha. Tenho uma amizade de quase dez anos; se a nossa acabou, não foi por besteira. Eu tento manter as amizades que tenho, mas comigo é assim, errou uma vez, beleza, errou três, quatro, adeus.
Enfim, não vim falar dessa gente que fica "classificando" as pessoas em "amigos tal, amigos lau", porque isso é uma tremenda idiotice. É criancice. É falta do que falar.

Eu ia pra São Paulo esse final de semana, querendo meus pais ou não, mas minha mãe fez chantagem, porque hoje é aniversário da minha avó e porque meu pai tinha viajado na Sexta, ela ia ficar só. Daí fiquei, mas se tiver outra oportunidade, eu vou. Existem três pessoas em Sampa que eu faço questão de conhecer: A Gabi, a Goddess e a Roses. A Gabi porque... né, desde 2004/2005, minha "partner in crime"; Goddess, porque é um amor e porque ela não precisa estar em uma categoria, ela é muito especial pra mim. E a Roses porque ela precisa me ensinar a fazer frango frito à Onew ^^ Pessoas vêm e vão na sua vida, mas essas aí, posso ter oitenta anos que vou lembrar (: A propósito, parabéns, Gabi ^^

O meu sonho foi esquisito. Eu sonhei que estava me casando e não sabia quem era o noivo, ou melhor, tenho idéias de quem seja, mas não quero pensar que seja ele. Daí ele colocava um anel no meu dedo indicador esquerdo e tudo o mais. Lá pelas cansadas, estávamos todos juntos e ele me disse "Meu amor, vá buscar sua mala" e eu disse "Eu tenho que trocar de roupa, de qualquer forma", e vim pra casa com os meus pais e a minha prima Majory. Ela terminou de arrumar minha mala e eu twittei que estar casada era estranho e alguém disse, "Imagina estar grávida". Já procurei esse twitter e ele não existe O.o Daí o meu marido buzinou, eu desci e entrei no carro. Quando olhei pra ele, acordei gritando.
Foi muito estranho porque eu nunca pensei em me casar na vida, aliás, eu não tenho nem planos pra semana que vem! E é assustador.. Acordei olhando para as minhas mãos e passei um tempão olhando. Cruzes. Se for casar com quem eu acho que casei, vou ter uma tremenda de uma surpresa...

Eu estou com saudades dele, aliás...
Espero que esteja bem.

Quanto a mim...
Deixemos isso para outro post.

0 comentários: