16 de jan de 2011


Nossa, eu ando tão cansada! Se fosse um cansaço bobo, acho que nem teria motivo. Olhando pra trás e vendo meus posts, o "cansada" de HTML não é nada em comparação com o "cansada" de agora.

Essa semana FINALMENTE comecei no trabalho! *-* É meio longe, em Niterói, mas de barca é rapidinho, ainda mais que a rua do trabalho é pertinho das barcas ^^ Pode ser o que for, mas é o emprego que pedi a Deus. Quando entrei na faculdade, eu estava decidida a não trabalhar com Eventos, porque eu não gosto; só receptivo ou agência. A agência trabalha com eventos, por assim dizer, fazendo toda a parte de hospedagem, traslado, aéreo e nossa, é meio loucura. Cada colaborador cuida de um Congresso (99,9% do que aparece é congressos de Medicina) e eu já tenho um para o final de Junho! Aracaju, aí vou eu (o congresso é lá)! Até agora não estou mexendo com o grosso da coisa, até porque é em Junho e dou graças, porque preciso pegar o pique da coisa logo. A agência não é grande, só tem mais dois e os chefes, um casal, que por sinal, é mega simpático. Todos são uns amores. Meu chefe às vezes pede para eu arrumar uma coisa no site ou traduzir um e-mail para ele e como não começou o grosso do trabalho ainda, eu faço. Almoço por lá mesmo, do outro lado da rua e a comida é tão gostosinha *-* Para alívio da minha mãe, como direito todo santo dia, até porque acordo ultra cedo, mesmo que o trabalho comece às 9. Como ainda estou no início, às vezes fico sem nada para fazer, de tarde, e me bate um sono tão ruim que meu auto controle entra em cena pra não dormir.

Melhor um emprego cansativo do que nenhum, não é? Não posso reclamar. Foi o que pedi a Deus e Ele me deu! (:

Lih acabou de me avisar que o Koi chegou em casa, aquele tratante. Cismou que sempre que eu der um tapa nele, vou ter de pagar um desejo. RÁ! Só nos sonhos dele, ou melhor, nem nos sonhos dele, porque eu não selei o trato e ele abusou da minha boa vontade, porque Sexta feira eu estava com uma tremenda dor de cabeça, portanto não estava pensando direito! Ele e Lih disseram que quem cala consente, mas quero que eles entendam que eu estava com dor de cabeça e, portanto, não concordei com nada!

Semana passada, nós fomos na praia, eu e ele. Cara, estava um sol demoníaco e mesmo com protetor, de nada adiantou. Meu nariz já descascou, minha testa já descascou (só um pouco) e meu ombro ainda não sei com quê milagre não começou a descascar. Ele só passou protetor depois que insisti muito. Se eu estou assim, imagina ele, que passou muito pouco e mesmo assim porque enchi o saco? U_U

A pior parte disso tudo é meu pai. Cruz credo, ele fala um monte de abobrinhas pra mim, e faz questão de repetir em todas as vezes que saio, sem contar que fica me ligando toda hora ¬¬ Daí sexta feira fui cara de pau. Todo dia ele me deixa na Praça XV (ele trabalha por lá perto) e eu falei: "Hoje vou chegar mais tarde porque tenho um encontro, tá?". Ele fez uma cara tão esquisita.. era uma coisa meio de surpresa meio "Como assim você tem um encontro? Você é capaz de arranjar um encontro? Como assim um encontro?". Do trabalho mesmo passei mensagem pra minha mãe, que estava no Petisco com ele e meu tio de BSB, dizendo para onde iria. Eu não ia demorar, né, estava com uma tremenda dor de cabeça... Era para estar em casa às dez e quinze, cheguei quase às onze porque o panaca do motorista do 435 não parou no ponto ¬¬ Mas enfim, eu vi a Lih, que estava com saudades, vi aquele bobão do Koi, então tá bom.

A única coisa que poderia acontecer pra ficar tudo ok é minha avó sair daquele hospital e voltar pra casa, que é onde ela deveria estar. Hoje faz um mês que ela está lá, a princípio para exames para detectar aquela anemia, e esse tempo todo porque descobriram um tumor inicial no intestino. Isso já está acontecendo há sete anos e ela não procurava o médico porque sentia medo, olha a arte! Em um mês apenas, estamos todos exaustos, passei uma semana inteira com ela durante o dia, enfrentando o meu maior pavor, que é hospital, foi horrível. Quando saía de lá, eu me sentia tão carregada, tão cansada, que mal tinha forças pra reagir. Todo mundo ficou um pouco, até a sonsa da Marcelle, que é uma das pessoas mais irresponsáveis e inconsequentes que eu conheço. Mesmo grávida, lá estava ela. Minha mãe, minha madrinha, minha tia... nossa, estamos um caco, sério! Quinta feira ela operou pela terceira vez o intestino e na sexta, teve que operar de novo. Sabe, é uma situação bem chata, eu não aguento vê-la no CTI, de boa, por isso nem fui vê-la hoje. Eu tento ser positiva, mas meu pai falou ontem que acha que não vai durar muito, e pronto, acabou comigo. Não chorei nem nada, mas desde ontem tenho pensamentos ruins e tive uma noite horrorosa, cheia de pesadelos...

Nessa bagunça toda, eu mal tenho tempo pro MIC e pro Lollipop, acredite se quiser. Eu tenho quarenta páginas de Tieba pra ler e disposição zero para ler. Fiz uma limpa na primeira página de ontem (ou tentei), e meti as caras no fórum. Organizei grande parte das coisas e passei o resto pra Gloria...

Só vim rapidinho para demonstrar meu estado de sobrevivência rs.

1 comentários:

Ryo disse...

Aaaaaaaah Deeh! Voce conseguiu um trampo, nossa que foda!!!!

Espero que só melhore e que goste cada vez mais, e aproveite muito aracaju por mim ok? 8D

E manda seu koi parar de abusar de você u_u
senão ele apanha -s


Eu sinto saudades de você e das nossas conversas filosoficas. ♥