24 de fev de 2010

The end... of Heartbeat

O post de hoje não vai ser nada muito decente. Mas é algo que está na minha cabeça desde ontem de noite...


É uma sensação muito esquisita aquela que envolve um fim. Tanto faz que seja um fim de relacionamento ou final de fic (me refiro ao segundo, nesse post). Você fica com aquela sensação rondando o seu coração, e, por um bom tempo, nenhuma outra pessoa ou nenhuma outra fic vai tomar o lugar dela.


Pode parecer ridículo eu dedicar quase um post todo à finalização de uma fic, mas é algo por aí. Sempre que estou para terminar uma, eu fico com dó. enrolo, faço um pouco mais de enrolação, mas não adianta, um dia a bichinha tem que acabar. Ou não. Tenho umas quatro fics do McFly e do Busted (T_____T) guardadinhas, ainda em andamento. E mais cinco em andamento no Lollipop. Se tiver alguma leitora das minhas fics lendo, acredite, não é preguiça de escrever, e sim dó de terminá-las xD

Falo isso porque ontem terminei um dos meus xodós, que era"Heartbeat". Foi a fic mais pessoal que eu já escrevi; não que principal seja eu (eu não fumo, não sou de difícil convivência e não sou viciada em Coca Cola xD), mas pela forma que ela veio na minha cabeça. Acho que pouquíssimas pessoas sabem como ela surgiu. Se interessa você, eu vou contá-la, em algumas poucas linhas.


Eu não dei a mínima quando o 2PM debutou. Na realidade, era só mais uma boyband na indústria. E aí fiquei, longe, enquanto todo mundo estava morrendo com eles, na realidade eu não via graça nem sabia nome. Nos meus sonhos tem um shopping muito do estranho (um dia conto sobre ele), que no último andar é um aeroporto. Um dia, eu sonhei com esse aeroporto, e eu estava descontrolada gritando pelo Jay (eu nem sabia que ele era ele =.=), e tinha alguém me segurando. Esse alguém me dizia que ele precisava ir até as coisas se acalmarem um pouco, mas eu não aceitava e só chorava. Bom, de qualquer forma, esse cara, Jay, foi embora, e eu fiquei tão mal que esse outro cara (o que estava me segurando) me levou até o andar dos sorvetes. Foi um atrás do outro até eu ficar enjoada.

Eu acordei muito assustada, porque o único Jay que eu conhecia era o do Five (!), e ele não tem olhos puxados xD E eu "esqueci". O que me assustou foi que, uns três ou quatro dias depois, explodiu o negócio do MySpace do Jay e então ele foi embora. Daquela forma. Eu fiquei assustada, tão assustada que acabei sonhando de novo. Que o mesmo cara que tinha me segurado no outro sonho esbarrava comigo no tal shopping e dizia que o Jay tinha sido sequestrado. Eu não lembro como se deu direito, mas eu lembro de que esse cara que me segurou (vamos pôr em nomes '2PM-ísticos': Wooyoung) dizia que ele tinha sequestrado Jay porque ele era muito chato e tentava me matar.


No original de "Heartbeat", Wooyoung seria preso e pegaria uns 20 a 30 anos de prisão e eu terminaria com o Chansung xD Foi daí que veio "Heartbeat", e foi a maior prova que eu tive de que eu tenho um medo descarado desse shopping.

Eu disse que a fic era especial por causa disso. Porque foi muito real e eu tive uma sensação esquisita quando aconteceu. Minha mãe disse que era "sonho premonitório", mas eu chamo de "sonho maluco", mesmo. Escrevê-la foi meio difícil porque eu não conseguia fazer isso sem pensar no sonho e nos sentimentos engraçados que eu sentia no sonho.

Na realidade, eu nem sei como consegui desdobrar tanto aquela bicha, mas fato é que ela acabou. Meio que parece que o sonho também morreu, sabe. Eu queria muito que tivesse, de fato, morrido. Sem sequestros, óbvio, mas com a volta do Jay e com um sorriso fofo naqueles moleques.

É como perder um pedaço de bolo de chocolate em um concurso! É muito estranho terminar uma fic que é seu xodó O.o


Que seja =D Agora preciso dar atenção aos outros pedaços de bolo, que estão reclamando que eu não dou atenção xD


Se também tudo fosse fácil, seria chato, né =/


Eu não tenho muita certeza se gostei do fim xD Engraçado falar assim mas é verdade. Eu tenho mania de fazer cenas soltas e ir adequando a estória pra ela aparecer, e já tinha o fim certinho desde quando tinha começado, praticamente. Com o passar do tempo eu pensei em modificá-lo. Três vezes. Da primeira vez, Chansung (que seria o segundo fave) terminaria comigo no final; da segunda, o Wooyoung (no original) teria um happy ending comigo. E no terceiro, o Jay. A coitada da Yah que sofreu lendo minhas decisões, até que disse pra deixar como estava (terminando com o Wooyoung), e dar um outro final pro Jay. Na realidade, ela não queria final triste, porque não gostou da fic do SuJu que eu terminei com final triste xD E acabou ficando esse.
Muita coisa eu adedei de última hora, tipo, minutos antes de trocar o lay do Lolli / fazer o post / postar as fics atualizadas nos sites, como o flashback xD Ia trocar a cena da polícia pra depois do retorno do Jay e tal, mas daí pensei "ah, deixa assim... senão essa fic não sai hoje e vou escrever mais dela" hahahaha xD
Acho que, no final das contas, eu gostei dela... e de como terminou... ^^


Nossa, estou morreeeeendo de calor! =/ Por que São Pedro não lava o céu do Rio? Que saco! =/

2 comentários:

Rosana disse...

Debbie, eu também queria que na vida real terminasse como na fic com todo mundo junto e feliz cantando junto no palco mas a realidade nem sempre é tão boa...
Eu gostei de como terminou, apesar de ter terminado e eu também não gostar de finais^^

Dolphin disse...

Sei bem como é isso Deh D:
Eu tive um sonho muito louco com a história de Closer... e deu um dó danado terminar ela ;_; but, tudo na vida tem um fim.
E eu tenho que super ler o final de Heartbeat, assim que meus horarios se acalmarem >,<

DEEh esse seu sonho com o Jay me arrepiou muito >,< sério!
Até hj eu ainda acho estranho não vê-lo no 2PM e saber que tudo aconteceu da maneira que aconteceu ><
Muito triste mesmo! E depois da New que eu lí hj ;_;